quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Liberte-se...!


Olá!
Hoje vamos falar do grande poder que temos dentro de cada um de nós, o poder da auto-regeneração e de como podemos nos conectar a ele. Nosso corpo é incrivelmente maravilhoso, fantástico e capaz de tudo para nos manter VIVOS. Temos que ser muito gratos à ele. E para que façamos uma maior des-coberta sobre nós mesmos, então convido-lhes para ler os artigos que irei transcrever de um dos maiores médicos higienistas, Dr. Helbert M. Shelton e do maravilhoso psicólogo Krishnamurti junto de minhas reflexões...

" O grande poder dentro de você
Os organismos vivos são totalmente auto-suficientes e entidades auto-reguladoros. Se suas necessidades essenciais forem supridas, eles funcionam perfeitamente livres de doenças.
Desde o princípio, da concepção ao nascimento em diante, todos os organismos vivos são dotados de um programa de auto-geração para desfrutarem de uma vida plena, saudável e maravilhosa.

Todos os organismos vivos são auto-programados para atender à todas as necessidades do ambiente em que melhor se adaptam.
Todos os organismos são auto-suficientes, auto-preservadores, auto-construtores e, em caso de lesões ou doenças, são auto-regeneradores.

O princípio da cura está sempre no sistema de vida em si.

O único poder que pode curar é o poder de reparação do organismo vivo; o único poder que pode reparar é o poder da energia que é produzida para fazer todo essa reparação; e essa energia é o poder que sempre existiu originalmente. O mesmo poder que constrói um indivíduo a partir de um óvulo fertilizado é a própria energia original e o próprio poder de cura!
A cura é portanto, um processo contínuo, incessante e exclusivamente intrínseco de cada organismo vivo.

A energia que um organismo produz e que o mantém vivo e "funcionando" é a mesma energia que tem o poder de curá-lo.

Confiar neste grande poder dentro de você, só irá lhe trazer felicidade, saúde e bem-estar constantes. (...)

Conhecer a sua enorme capacidade interior, irá libertá-lo das muitas ilusões (alimentos industrializados, cozidos, processados, temperados, condimentados etc; remédios; bebidas energéticas, bebidas alcóolicas, maconha, craque, cocaína etc) e irá lhe proporcionar a "chave" para a verdadeira saúde. (...)"


A necessidade da "reprogramação" do Ser

"A ignorância é um estado de graça." Será?

Na verdade, nós todos já sabemos o que é melhor para nós, para esse Ser Espiritual que veio para este planeta Terra viver essa experiência humana. Ô experiencia fantástica! Cheia de des-cobertas...!

A questão da alimentação está incluída nesta maravilhosa jornada que viemos fazer aqui. Ainda mais nesta época que vivemos, nesta sociedade e com esses hábitos. É preciso muita força de vontade, muita determinação...e isso tudo é possível. Só o fato de você ter consciência do poder que tens dentro de você, já torna essa caminhada mais fascinante e mais fácil.



Abaixo transcreverei trechos de um maravilhoso livro que tenho do grande Krishnamurti " Liberte-se do Passado" (Ed. Cultrix), onde ele consegue explicar muito bem toda essa questão do "aprisionamento" do Ser nessas crenças que foram imbutidas em nossas vidas, e como podemos nos libertar disso, deixando fluir, e fazendo a Conexão com o nosso Ser Interior.

"A compreensão náo é um processo intelectual.(...) Se estais aprendendo a todo o momento, a cada minuto , aprendendo pelo observar e pelo escutar, aprendendo pelo ver e atuar, vereis então que o aprender é um movimento infinito, sem o passado. (...)
O aprender requer muita sensibilidade. Não há sensibilidade se existe alguma idéia, que é do passado, dominando o presente. A mente já não é então ágil, flexível, alertada. A maioria de nós não é sensível, nem mesmo fisicamente. Comemos em excesso, sem nos importarmos com o regime mais adequado; abusamos do fumo e da bebida, e dessa maneira, o nosso corpo se torna pesado e insensível; a capacidade de atenção do próprio organismo se embota. Como pode haver uma mente muito alertada, sensível, clara, se o próprio organismo está embotado e pesado? (...) para sermos completamente sensíveis a tudo o que decorre das exigências da vida, não deve haver separação entre o organismo e a psique. Trata-se de um movimento total.
Para compreendermos qualquer coisa, temos de viver com ela, observá-la, conhecer-lhe todo o conteúdo, a natureza, a estrutura, o movimento. (...)

Quando condenamos ou justificamos, não podemos ver com clareza, e também não podemos fazê-lo quando nossa mente está a tagarelar incessantemente; não observamos então o que é (...)"

Então, pronto para libertar todas essas crenças do passado e se abrir para uma nova, e desde sempre, forma de viver saudável e feliz?

Espero que consigas fazer uma boa reflexão sobre esta questão que nos impede de fazermos as mudanças necessárias para vivermos realmente BEM. Temos que pensar na prosperidade, na alegria de viver e que isso deva ser CONSTANTE, e não só momentâneo. O prazer e a alegria de viver devem estar presentes no nosso dia-a-dia. Temos de estar sensíveis ao mundo que nos cerca, sentindo-o por completo. E para tal, é preciso estar se sentindo muito bem e com disposição para vivenciar tudo isso. Se estamos com doentes, gripados, sedentários, fora de forma etc, como poderemos sentir os cheiros, diferenciar sabores, ter disposição para correr, nadar, andar! e poder visualizar o mundo lindo em que nós vivemos? Pense nisso.


Um grande beijo de boa noite e de boa reflexão,

Malu


4 comentários:

Te Paes Leme disse...

Minha luz como vc me faz feliz, ser divino , eu te amo , obrigado, seu humilde Pai!!!!!Trilões de bjs!!!

le disse...

Que excelente postagem malu! hehe
Vou divulga-la em meu blog e email está bem?


- Vamos caminhando cada vez mais e além :)

Muni, G. disse...

Gratidão. Que a vida possa se auto-regenerar tbm em consciência daquilo que somos verdadeiramente. Om.

Anônimo disse...

Impressionante o poder da mente em nosso corpo.
Não gripava a tempos. Mas nos últimos dias andei meio extressado e não deu outra...gripe.