quinta-feira, 2 de outubro de 2008

De Volta!!

Meus queridos visitantes! Que saudade de escrever para vocês!
Acabo de voltar do 2º Congresso Vegetariano Brasileiro - que rolou em Belo Horizonte - e que foi incrível! Tinha muita informação sobre alimentação Viva, e isso me deixou muito feliz...além de ter a feirinha do BioChip, onde eu dei umas beliscadas....hummm :-) ... e o pessoal do Terrapia, que tive o prazer de conhecer, e que me cederam um lugarzinho na cozinha para fazer meu almoço "Raw" (cru), e que acabou virando de todos...pois o interessante é isso... vamos nos ajudando... eu dou um manjericão que faltou, ele me deixam almoçar la com eles, e acabei almoçando todos os dias la - e é tudo feito com muito amor e carinho! Que experiência! Que vivência! Fora, as oficinas de alimentaçao Viva, que arrasaram... cada uma maias gostosa que a outra...e com super dicas e novidades! Pode deixar que gravei algumas palestras e vou editar e colocar no youtube e aqui no meu blog. Pessoas fascinantes! Muita troca de energia positiva... enfim só tenho boas lembranças.

Mas a propósito, como estão?? Espero que vocês estejam gostando do blog, e por favor deêm suas opiniões. É muito importante pra mim. Quero deixar o blog cada vez melhor.

E hoje decidi postar umas dicas de como montar uma boa salada e Receitas. Enjoy!!
Bj grande!
Malu

Regra geral para preparar uma boa salada

1-O cheiro
2-O gosto
2-a) Sabores ácidos
2-b) Sabores doces
2-c) Sabores amargos
3-A textura
4-Visual
4-a) Forma de apresentar
4-b) Cores

1 - O cheiro
Use ervas frescas; misturando com as outras folhas, você terá um prato bastante atrativo.
Cebola cortada em rodelas, também é uma ótima opção, pois, caso alguém não goste,
consegue retirá-la com facilidade. Por seu sabor intenso, a cebola é “amada” ou “odiada”.
Deixe-a de molho por 10 minutos em shoyo ou, suco de limão para torná-la mais amada que
odiada.

2 - O gosto

2-a) Sabores ácidos
Os sabores ácidos são processados no molho da salada ou, estes mesmos ingredientes podem
ser usados em pedaços ou cubos.

2-b) Sabores doces
Frutas frescas e secas
Exemplos de frutas secas:
Uva passa, damasco, tâmara, ameixa, figo.
Exemplos de frutas frescas:
Manga, figo fresco, pêssego, morango, nectarina, mirtilo, amora, framboesa, abacaxi (em
pedaço), mamão, pêra etc.

2c) Sabores amargos
Os sabores amargos são trabalhados no molho da salada.

3 - A textura
Neste tópico está o segredo de uma boa salada.

A forma de utilização dos ingredientes irá determinar a textura do produto final. Para se conseguir uma melhor apresentação, sugerimos as seguintes técnicas:
Cortar, ralar, picar, rasgar, triturar, amassar, cozinhar, germinar e liquefazer (o molho).

Corta em rodelas
Sempre finas, pois facilita a ingestão.

Cortar fatias
Não ficam bem em saladas, a menos que sejam utilizados equipamentos próprios como
fatiadores, mandolins ou descascadores.

Cortar em cubinhos
É sempre uma boa opção para sua salada, pois melhora a estética.

Ralar
Uma técnica simples que ajuda na decoração dos pratos

Triturar
Cuidados ao triturar. Esta técnica pode gerar um produto encharcado, como um caldo, o que
deixa a salada com uma textura desagradável. Dê preferência ao ralador, retirando o excesso
de líquido. Aproveite este líquido no molho, agregando um pouco de azeite e batendo muito
bem, para conseguir uma mistura totalmente homogênea.

Espremer ou amassar
Esta técnica é bastante útil na culinária saudável, modificando a textura de vegetais como:
repolhos, jilós, berinjela, cenouras e beterrabas.
Use suas mãos para espremer os vegetais que quer usar. Aperte os vegetais com força usando
os dedos, limão ( sumo) e sal.

Cozinhar
Não é necessário cozinhar vegetais, principalmente quando se sabe usar, corretamente, as
técnicas anteriores, pois o cozimento modifica suas propriedades naturais, além de provocar a
perda de nutrientes e energia vital. A melhor opção para o corpo humano é o vegetal cru.Use apenas cozimento a vapor e, ainda assim, pelo mínimo de tempo possível. As raízes são
consideradas boas fontes de nutrientes. Mesmo que cozidas ajudam a manter o peso. Raízes
como batata doce e aipim, cruas, não são muito agradáveis ao paladar da maioria das pessoas.
Já a batata baroa e o inhame, crus, são bastante aceitáveis; se cortados em fatias finas e
passados por um leve aquecimento, tornam-se agradáveis ao paladar.

Rasgar
Utilize esta técnica com as folhas, simplesmente use os dedos e rasque em pedaços pequenos o
suficiente para caber na boca, facilitando a ingestão.
Tire os talos mais grossos, pois estes tornam a textura um pouco desagradável, use-os no suco
de luz do sol.
Rasgue, mas mantenha a forma das folhas, pois isso ajuda no visual; folhas bonitas em seu
formato original deixam a salada com cara de prato profissional.

4 - Visual
Forma de apresentação

Mantenha um padrão de cores. Nossos olhos gostam de ver coisas organizadas e simétricas.
Lembra-nos as coisas feitas por Deus e nos inspira o natural. Uma salada multicor sempre será
bonita e atraente, mas procure manter a mesma família de cores. A forma de apresentar tanto
vale para o que se vai colocar à mesa, quanto para fazer seu prato. Sirva-se de forma a obter
um visual agradável, bonito, pois, quando for degustá-lo, terá a sensação de estar cuidando
bem de você. Compare a energia de fazer um prato e comer em frente a TV, comer em pé, ou
comer sem olhar para o prato.
Quando estiver preparando uma salada de grãos, não corte nada maior que o tamanho do grão.
Isto lhe proporcionará um prato homogêneo e muito bonito.
Quando estiver fazendo uma salada de folhas, corte os talos e use-os no suco de luz do sol,
porém, mantenha as pontas das folhas, que são bonitas e macias, portanto, agradáveis à
degustação.

4-b) Cores
Dicas importantes:
Lavar com carinho para não amassar as folhas e passar uma impressão de que estão podres.
Lave-as com bastante cuidado observando se estão realmente limpas, pois podem conter areia
e, morder uma pedra é algo insuportável, podendo bloquear totalmente a possibilidade de se
gostar do prato.
Deixe para colocar o molho somente na hora de servir ou coloque em um recipiente à parte.
Secar a salada é tão importante quanto limpar, então use secadores de folhas .Use toalhas de pano ou deixe escorrer para retirar o excesso de água.

Receitas:

Salada

*Tomate Orgânico
*Pepino
*Pimentão amarelo e vermelho
*Sal marinho
*Azeite extra virgem, de primeira pressão à frio e de garrafa escura
*Talos de salsão
*Cebola, (de preferência roxa) em rodelas finas
*Azeitonas pretas ou alcaparras
*Manjericão, Manjerona, orégano, tomilho - de preferência frescos (escolher 2 tipos.)
-- Corte todos os ingredientes em pedaços bem pequenos e acrescente os condimentos ( sal, azeite, azeitona).

Molho pra salada - de prefêrencia uma salada de folhas simples, de rúcula, ou de agrião, ou de alface...enfim escolha um ou dois tipos de verdura, rale uma beterraba, tomates orgânicos em pequenos pedaços e acrescente o molho.

*1 xícara de Abacate,
*½ xícara de Salsinha,
*½ xícara de Azeite de oliva,
*1 dente de Alho,
*1 colher de sopa de Cebola picadinha (não bater junto).

Dicas retiradas do livro Curso de Culinária Ecológica - que você encontra no site www.comidaecologica.com.br

Um comentário:

Alethia disse...

Minah linda!! caramba! como eu fico feliz com o teu sucesso e properidade !! te amo e to na torcida sempre! vc sabe ;)
bjooooooos da eterna amiga!